• AUTORA: Andreia Marques Melo
  • EDIÇÃO: 
  • ANO: 2017
  • GÊNERO: Infantil
  • PÁGINAS: 32
  • IDIOMA: PORTUGUÊS

CONTOS E RECONTOS
Sob a perspectiva da inclusão

Em minha caminhada como professora e neuropsicopedagoga

sempre observei certa relutância de alguns estudantes com relação ao colega que tem alguma dificuldade ou deficiência. Claro que não são todos, mas é o novo e alguns não sabem muito como lidar. Nas escolas que trabalho como neuropsicopedagoga, oriento sempre os professores em adaptarem contos, histórias já existentes, trocar os personagens principais por personagens que tenham alguma
síndrome ou deficiência. Entretanto, sempre pareceu que para alguns era difícil fazer, não porque não são capazes, mas devido à própria correria do dia
a dia. Diante disto, tive a ideia de criar um livro que pudesse ser auxilio, tanto para o professor, para a família e sobretudo para as crianças, para que o diferente seja entendido em uma perspectiva global, partindo da ideia de que todos temos nossas limitações, sendo assim todos somos inclusão.
Meu livro não tem moças altas, magras, loiras e perfeitas, tão pouco príncipes montados em cavalos brancos, não tenho nada contra este estereótipo, todavia o mundo não é formado apenas por este estilo imposto, muitas vezes, pela mídia duramente.

Minha princesa é cadeirante e a moça, sim a moça, que traz a alternativa das rampas não vem de

uma família abastada, tão pouco frequentou as melhores escolas. Quem disse que só quem tem estes
requisitos é criativo?
Meu menino multicor é o inventor do espelho. Pode-se pensar de uma forma metafórica, precisamos
de pessoas que enxerguem de verdade, não apenas que pensem que enxergam... Não quis que
ele fosse apenas preto, quis todas as cores, afinal o racismo tem duas vias, portanto o multicolorido foi
uma escolha pensada, não há mais espaço para tais atitudes néscias em nossa sociedade. No meu mundo fantasioso, que quero muito compartilhar com você leitor, as pessoas são gordinhas,
há menino multicor, cadeirantes têm acesso por onde forem, autistas são felizes e suas famílias
também o são.
Surdos e mudos são bem compreendidos, porque uma cidade inteira usa língua de sinais só para
que a menina Jéssica sinta-se feliz.
Parece fantasioso e utópico, quando se pensa no mundo que temos. Entretanto, se não ousarmos
sonhar e acima de tudo conscientizar nossas crianças, nunca teremos acesso a este mundo, pois quando
penso "inclusão", não imagino uma mesa redonda em que intelectuais discutem sem parar. Ao contrário,
imagino pequeninos, entendendo e convivendo tão facilmente com suas próprias limitações e dons,
que os dons e a limitações dos outros pareçam natural.
É ensinando os pequeninos que nós tornaremos este mundo grande, um lugar melhor para
se viver.
Bem-vindo! Entre neste mundo das histórias e seja mais um a tornar esta verdade uma realidade.
Andreia Marques Melo
 

Preço especial lançamento!

Apenas R$25,00 + frete

 





Biografia da autora

Andreia Marques Melo da Silva é formada em Letras, Literatura e Língua Inglesa, Pedagogia, especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional, Neuropsicopedagogia Clínica e Institucional e Educação Inclusiva, com vários cursos na área da educação, música e teatro.

Idealizadora e responsável pelo projeto Olhares Sobre outras Vertentes, que trabalha com documentários em que os protagonistas são estudantes de 14 a 18 anos, documentando realidades e ações benevolentes na sociedade, impactando e sendo impactados.

Palestrante sobre assuntos diversos na área da educação e em defesa da mulher.

Leciona aulas de Língua Portuguesa, Literatura, Produção Textual e Filosofia.

Atende como neuropscicopedagoga há mais de cinco anos, sempre focando seu trabalho na conscientização de que somos todos inclusão.

Escritora desde os 12 anos, sempre debruçou-se a escrever, pois acredita que a leitura e a escrita são um meio de libertação.